domingo, 13 de julho de 2014

Reunião nº 167 - Vinhos Niepoort, Douro

Reunião nº 167

Dia: 11/07/2014

Tema: vinhos Niepoort, Douro

Excelentes vinhos da Niepoort degustados

Vinhos:
  • Niepoort Redoma Branco, 13,5% álcool, ano 2010, vinho branco de mesa fino seco DOC Douro . Niepoort Vinhos S.A. Vila Nova de Gaia, Portugal. Castas: Rabigato, Códega do Larinho, Arinto, Gouveio, Viosinho e outras do Douro provenientes de vinhas velhas. Fermentadas em barricas de carvalho francês e pipas de 500 l. Nove meses em barricas de carvalho francês. Amarelo esverdeado, límpido, brilhante. Aromas leves de flores. Na boca mostrou muita personalidade. Untuoso, mineral, com bom corpo e acidez, mas ao mesmo tempo refrescante. Final longo. Apesar da fermentação e passagem em barricas a madeira não predomina. Agradou a todos combinado inclusive com o porco assado e polenta servidos. Para a ovelha ficou fraco (nº696);
  • Niepoort Redoma Rosé, 12% álcool, ano 2011, vinho Rosé de mesa fino seco DOC Douro. Niepoort Vinhos S.A. Vila Nova de Gaia, Portugal. Castas: 30% Tinta Amarela, 20% Touriga Franca e 50% outras provenientes de  vinhas velhas.  Fermentação em carvalho francês. Vinhos rosado peculiar e de acordo com o produtor," mais para mesa que para uma tarde de verão". De cor salmão forte, dividiu a opinião dos presentes. Alguns gostaram apreciando o diferencial e para outros foi francamente desagradável. Não combinou com as carnes servidas (697);
  • Niepoort Vertente Tinto, 13,5 % álcool, ano 2010, vinho tinto de mesa fino seco DOC Douro. Niepoort Vinhos S.A. Vila Nova de Gaia, Portugal. Castas: Tinta Roriz, Touriga Franca e outras. Fermentação em cubas de inox e dezoito meses em carvalho francês. Púrpura escuro, intenso. Excelente estrutura, acidez e taninos equilibrados. Muito agradável na boca. Deve ter um ótimo potencial de envelhecimento. Muito bom com a carne de ovelha (nº698);
  • Niepoort Redoma Tinto, 14% álcool, ano 2009, vinho tinto de mesa fino seco DOC Douro. Niepoort Vinhos S.A. Vila Nova de Gaia, Portugal. Castas: Tinta Amarela, Touriga Franca, Tinta Roriz e outras provenientes de vinhas com mais de 60 anos de idade. Fermentado em cubas de inox e lagares de pedra tradicionais. Estágio de 21 meses em carvalho francês. Púrpura escuro, mais intenso que o anterior. Forte e encorpado, mais masculino e agressivo que o anterior num primeiro momento. A evolução nas taças mostrou um vinho complexo, saboroso com um final longo e muito agradável. De qualidade superior ao anterior ficou para alguns a dúvida se a diferença no benefício justifica a diferença no custo (699);
  • Niepoort Porto Senior Tawny, 20%  álcool, vinho tinto licoroso doce DOC Douro. Niepoort Vinhos S.A. Vila Nova de Gaia, Portugal. Castas: da região do Douro. Vinho do Porto envelhecido em pequenas barricas de carvalho tem suas qualidades bem características do tipo de vinho. Ótimo para acompanhamento de sobremesas (nº700).
Após a degustação, foi servida a janta. Salada, polenta tradicional e polenta com linguiça frita, recheada com queijo, paleta de ovelha, costela de porco e frango assados na brasa.
A sobremesa foi acompanhada de vinho do porto.
Niepoort Porto Senior Tawny