quarta-feira, 25 de abril de 2012

Talha X Garrafa



Tema: Talha X Garrafa
Homenageando as mulheres foram servidos os vinhos Dona Maria e a Margarida.
Também comparamos o mesmo vinho, Paulo Laureano Tradições Antigas, num primeiro momento o da talha e a seguir o da garrafa, a experiência foi muito interessante.

Vinhos:

  • Paulo Laureano Tradições Antigas 13,5% álcool, ano 2010, vinho tinto da talha seco DOC Alentejo. Paulo Laureano Vinus, Portugal. Castas: Alfrocheiro, Alicante Bouschet, Aragonez, Tinta Grossa Trincadeira.  Granado, límpido, aromas agradáveis com alguma especiaria. Na boca elegante e fresco com boa acidez e permanência. Tomamos o vinhos em duas embalagens: em garrafa  e talha de barro (nº 584). Alguns acharam ligeiras diferenças no paladar outros acharam que os vinhos eram iguais;
  • Margarida Tinto 14,5 % álcool, ano 2008, vinho tinto fino seco. Monte dos Cabaços Portugal Portugal. Castas: 96% Syrah, 4% Viognier. Estágio de 12 meses em barricas de carvalho francês usadas. Rubi carregado, aroma floral intenso com notas de madeira bem integradas. A boca é cheia e intensa com taninos sedosos e final persistente (nº 587);
  • Dona Maria Reserva  14,5 % álcool, ano 2006, vinho tinto fino seco DOC Alentejo. Dona Maria Portugal. Castas: 50% Alicante Bouschet, 50% Syrah e Petit Verdot. Coloração vermelho rubi concentrado. Austera expressão olfativa, com frutas negras, couro , menta e xisto. Luxuriante textura em boca, com taninos firmes, plenos de elegância perfeitamente ligados ao confidencial frescor mineral. No grupo, este foi o preferido da noite (nº 588).

Após a degustação foi servido um delicioso Frango Xadrez.
Não poderia deixar de registrar: com a sobremesa foi servido Vinho do Porto Reserva Adriano Ramos Pinto, 19,5% álcool.