segunda-feira, 19 de maio de 2014

Reunião nº 164 - Degustação enogastronômica com destaques para Albinha e Bermejos Mavalsía Seco

Videiras nas Ilhas Canárias
Reunião nº 164

Dia: 18/04/2014

Tema: Degustação enogastronômica com destaques para Albinha e Bermejos Mavalsía Seco 



Vinhos:

  • Postales del fin del mundo, 14% álcool, ano 2013, Malbec, vinho tinto fino seco. Bodega del Fin del Mundo, San Patricio del Chañar, Neuquén, Patagônia, Argentina. Cor púrpura (bastante escuro), com formação de muitas lágrimas. Aromas frutados de ótima intensidade, lembrando frutas maduras, especialmente ameixa. Notas esfumaçadas também. Álcool apareceu no nariz, mas sem queimar. Bom corpo e estrutura. Vinho redondo, pronto pra beber. Taninos vivos, acidez e álcool equilibrados. Não denunciou o teor alcoólico de 14% (683); http://www.vinhoparatodos.com/2007/11/postales-del-fin-del-mundo-malbec-2005.html
  • Goulart T Torrontés, 14,2% álcool, ano 2012, Torrontés, vinho branco fino seco. Bodega Goulart, Salta, Argentina. Coloração amarela palha clara com toques esverdeados nas bordas, leve e fresco, onde nos aromas preponderam notas florais. Percebe-se toques de frutas de polpa branca especialmente peras, pêssegos e maçãs verdes. Na boca mostrou agradável frescor com acidez mediana bem marcada e discreta percepção dos açúcares residuais (sem exageros). Final de boca leve e persistente (684); http://confrariadosagustc.wordpress.com/2014/01/01/e-o-primeiro-vinho-de-2014-e-goulart-t-torrontes-2012/
  • Bermejos Mavalsía Seco, 13% álcool, ano 2013, Mavalsía, vinho branco fino seco. Bodegas Los Bermejos S.L., La Florida, Ilha de Lanzarote das Ilhas Canárias, Espanha. Plantado em solo vulcânico, amarelo esverdeado,  com notas herbáceas, amanteigado na boca. As videiras são plantadas em buracos onde ficam armazenadas as águas das chuvas escassas e são protegidas do sol por muros semicirculares de pedras. Estas áreas podem ter 4 metros de profundidade e 6 de diâmetro. A escassez de água, sol abundante e terrenos vulcânicos dão a esta uva um toque exótico e encantador (685); http://www.enoarquia.com/bermejo-de-lava-y-cenizas/
    http://www.nytimes.com/2012/01/18/dining/reviews/wines-of-the-canary-islands-review.html?_r=0
  • Alfredo Roca, 13,8% álcool, Malbec, ano 2012, vinho tinto fino seco. Alfredo Roca, Mendoza, Argentina. Cor vermelho rubi, aroma de frutas vermelhas (como ameixa e framboesa). Possui excelente concentração e equilíbrio na boca, sobressaindo os taninos doces, combinados com sabores que lembram geleia (686);  http://www.meuvinho.com.br/shop/produtoview.asp?var_chavereg=912&nome=Alfredo-Roca-Fincas-Malbec-2012
  • Aresti Reserva, ano 2010, Syrah, Vinho tinto fino seco. Bodegas Aresti Wine of Chile, Vale do Colchagua. Vinho tinto de cor púrpura intenso. Apresenta aromas intensos de frutos vermelhos maduros, nota balsâmica, cacau, especiarias. Macio, fresco taninos maduros e quase imperceptíveis (687). https://pt-br.facebook.com/CarvalhoFrances?rf=227864717333952&filter=2
Gargalo com biquinho, da Bermejos

Na degustação, destacou-se o vinho Bermejos Mavalsía Seco, das Ilhas Canárias, que foi trazido para o grupo apreciar.



Destaques gastronômicos: genuína tortilha espanhola como entrada (feita pela Ana) e, como prato principal, lasanha de camarão, lasanha de presunto com queijo (com a tradicional massa caseira da anfitriã) e bacalhau.