domingo, 3 de maio de 2015

Reunião nº 176 - Revisitando a Cabernet Sauvignon

Reunião nº 176

Dia: 26/04/2015

Tema: Revisitando a Cabernet Sauvignon

http://pt.wikipedia.org/wiki/Cabernet_Sauvignon
A uva Cabernet Sauvignon é originária da região de Gironde, sudoeste da França. Em 1996 Carole Meredith e John Bowers, na Universidade da Califórnia, verificaram que o DNA da Cabernet Sauvignon era o de uma descendente da Cabernet Franc e da Sauvignon Blanc. O cruzamento se deu espontaneamente na Gironde antes da metade do século 18.

Por ser a parte dominante dos vinhos Bordeaux é admirada e plantada no mundo todo. Suas uvas pequenas de casca grossa tem uma poderosa identidade produzindo grandes vinhos no mundo todo mesmo quando participam em pequena proporção nos blends. Produzem vinhos muito tânicos com alta acidez. (do Grape Wines de Jancis Robinson, Julia Harding, José Vouillamoz)

Vinhos degustados
Vinhos:

  • D'alture Cabernet Sauvignon Reserva, 13,6% álcool, ano 2012, vinho tinto fino de mesa seco. Vinícola D'alture Ltda. São Joaquim, SC Brasil. Castas: 100% Cabernet Sauvignon com 14 meses de barrica de carvalho francês. Púrpura/rubi escuro. Aromas não muito intensos, mas agradáveis, frutas e pimentões. Na boca boa estrutura, corpo médio, taninos e acidez presentes, mas não desagradáveis. Boa permanência. Em comparação com o chileno, de mesma faixa de preço bebido em seguida, foi considerado melhor (736);
  • De Martino Reserva 347 Vineyards Cabernet Sauvignon, 13,5% álcool, ano 2013., vinho tinto fino de mesa seco. Santa Teresa S.A. Isla de Maipo, Chile. Castas: 100%  Cabernet Sauvignon, parte do vinho com 8 meses de barrica. Límpido, rubi  brilhante, não muito fechado. Aromas minerais, petróleo, não muito agradáveis. Na boca macio, mais leve e com menos taninos que o anterior. Perdeu na comparação (737);
  • Viña Amalia Gran Reserva Cabernet Sauvignon Single Vineyard, 14,4% álcool, ano 2010, vinho tinto de mesa fino seco. Finca La Amalia, Mendoza Argentina. Castas: 100% Cabernet Sauvignon com 12 meses em barrica de carvalho. Púrpura/ rubi escuro. Aromas madeira, frutas, compotas. Na boca potente com taninos presentes, mas muito equilibrado e elegante. Foi a estrela da noite (nº738);
  • D'alture Moscatel, 7,5% álcool, ano N.D., vinho branco espumante doce. Vinícola D'alture Ltda. São Joaquim, SC Brasil. Castas: Moscatel. Amarelo palha, pouca perlage, muito frutado com bom equilíbrio entre o doce e acidez de modo a não ficar enjoativo.  Bom para acompanhar sobremesas e frutas (739).

O cardápio do jantar foi: entrada guacamole sobre torradas; prato principal cordeiro assado na brasa com batatas ao leite e queijo; sobremesa arroz ao leite de coco com creme de manga.

Aceto balsamico tradicionale
Servido para acompanhar a sobremesa