domingo, 5 de junho de 2011

Viagem para a Itália (parte 2)

No último post, escrevi sobre a nossa viagem para a Itália.
Neste irei detalhar os vinhos e as anotações que foram feitas.
Para cada vinícola visitada tem uma relação dos vinhos degustados com os dados obtidos nos sites das vinícolas e as impressões do grupo.

Espero que estas informações sejam úteis a vocês.




Elena Walch
www.elenawalch.com
25/04/2010

Bela vinícola, com boa recepção e vinhos equilibrados e elegantes. Almoço muito bom.
A cantina era um mosteiro. As caves tem 400 anos e eram cisterna (de vinho), pois antigamente preferiam quantidade e a 25 anos preferem qualidade. Os toneis de aço inox foram montados nas caves.

Vinho: Linha Favorites, Cardellino Chardonnay; Região Südtirol/Alto Adige; Álcool: 13,00 % Vol, Açúcar residual: 3,3 g/L; Acidez: 5,2 g/L; Envelhecimento: 3-5 anos. Impressões: 1º da degustação, ano 2009, Euros 13.30; muito fresco, frutado banana, mineralidade; fácil de gostar, elegante, não exibido. Agradou a todos.
Vinho: Linha Cru, Pinot Grigio - Castel Ringberg; Região: Südtirol/Alto Adige; Álcool: 13,30 % Vol; Açúcar residual: 1,6 g/L; Acidez: 5,1 g/L; Envelhecimento: 3-6 anos. Impressões: 2º da degustação; ano 2008; aroma animal e grama fermentada. Acidez um pouco desagradável. Razoável, € 13,50.
Vinho: Gewürztraminer; Regione: Südtirol/Alto Adige; Álcool 13,70 % Vol; Açúcar residual: 3 g/L; Acidez: 4,8 g/L; Envelhecimento: 2-6 anos. Impressões: 3º da degustação "Vinho aromático de Tramin" Tramin é o rio da região. Ano 2009, 4 g.l açúcar; 100% em aço inox; 14% álcool; muito aromático frutado e floral. Gosto de erva doce. Bastante estrutura, € 13,00.
Vinho: Lagrein, serviço: 16 – 18°C; Região: Südtirol/Alto Adige; Álcool 13,10 % Vol; Açúcar residual: 1,6 g/L; Acidez: 5,00 g/L; Envelhecimento: 2-6 anos. Impressões: 4º da degustação ano 2008; passa por toneis de madeira. Aroma de frutos do bosque. Púrpura claro, boa acidez, leve e agradável.
Vinho: Istrice Cabernet, um cuvée com Cabernet Sauvignon (85%) e Cabernet Franc (15%); serviço: 16-18°C; Região: Südtirol/Alto Adige; Álcool: 13,70 % Vol; Açúcar residual: 1,4 g/L; Acidez: 4,9 g/L; Envelhecimento: 5-8 anos. Impressões: 5º vinho da degustação; ano 2007;um ano em barrica, cor púrpura - rubi; não tem muito corpo; aroma animal; algum tanino, € 18,50.
Vinho: Riesling - Castel Ringberg; serviço: 10 – 12 °C. Impressões: 1º do almoço boa acidez, bem seco; austero mas muito agradável.
Vinho: Linha Grand Couvèe, Kermesse; Região: Südtirol/Alto Adige. Álcool: 13,50 % Vol; Açúcar residual: 1,5 g/L; Acidez: 5,2 g/L; Envelhecimento: min. 6 anos. Impressões: 2° vinho do almoço. Ano 2005. Muito bom. Precisa aerar. No começo aroma com muito Álcool e depois ameixas secas.
Vinho: Cashmere, uva Gewürztraminer, em appassimento, com uma pequena parte de Sauvignon; serviço: 12-14°C. Impressões: 3º vinhos do almoço. Ano 2005. Acompanhou muito bem a sobremesa. 12,5% álcool. Boa harmonia entre doce e acidez. Muito bom. Todos gostaram.


Cantina Ferrari
www.ferrarispumante.it
26/04/2010

A visita nos decepcionou. Tínhamos expectativa melhor. Atendimento frio e sem cuidados. O espumante servido já estava aberto desde o dia anterior.

Vinho: Perlé; uvas: Chardonnay, raccolte; Álcool: 12.5% vol.; 15 g por litro de acúcar. Impressões: quase sem perlagen. Tem boa permanência mas decepcionou na boca, € 24,00.
Vinho: Rosè; uvas: Pinot Nero 60% e Chardonnay 40%, 12,5% álcool.. Impressões: 2º da degustação, apresentou mais perlagen que o primeiro. Frutado framboesa com um final amargo. Para alguns lembrou Keep cooler, € 20,00.



Di toblino
www.toblino.it
26/04/2010

A especialidade da cantina são os "Vino Santo". O vinhos normais não impressionaram muito.

Vinho: Muller Thurgau. 1º da degustação Espumante Brut Cuvèe especial; 11,5% álcool. Impressões: Bom mas sem maiores qualidades.
Vinho: Moscato Giallo. Impressões: 2º da degustação. Meio enjoativo. Falta acidez.
Vinho: Nosiola. Impressões: 3º; ano 2009, 12,5%álcool, tem uma boa acidez, mas o espumante não marcou.
Vinho: Lagrein Dunkel. 4º 12,5% álcool. Impressões: Aroma agradável, macio na boca; combina bem com queijo.
Vinho: Vino Santo Riserva. Impressões: 5º, provamos dois: o primeiro ano 1998; 13% álcool; 150 g por litro de açúcar; dourado. O segundo ano 1996 com um dourado mais escuro aromas de geleia, de laranja e carambola. Bem superior ao anterior. Mais equilibrado e complexo. Muito bom.


Cantina Pisoni
www.pisoni.it
26/04/2010

Estabelecimento familiar, com agricultura biológica, recepção cordial, produtos locais queijos, salames muito saborosos. É mais conhecida pela produção de grapas e licores.

Vinho: San Siro Bianco IGT; Vitigno: Chardonnay e Pinot bianco; Álcool: 12 %vol. Açúcar residual: 1 g/l(?). Impressões: 1- Aromático, frutado. Aromas de abacaxi. Dá sensação de doce. Não deve combinar com comida. É vinho de missa certificado, € 6,50.
Vinho: San Siro Rosso IGT; Vitigno: Cabernet Sauvignon, Cabernet Franc, Merlot; Álcool: 13 % vol.; Açúcar residual: 1 g/l(?). Impressões: 2- Ano 2008, Corte bordales tradicional, não entusiasmou, € 6,50.
Vinho: Rebo IGT, Vitigno: Teroldego e Merlot; Álcool: 14 %vol.; Açúcar residual: 1 g/l(?). Impressões: 3- Ano 2006 cor rubi. Também não entusiasmou; € 11,9.
Vinho: Sarica IGT, Vitigno: Shiraz e Pinot nero; Álcool: 14 %vol.; Açúcar residual: 1 g/l(?). Impressões: 4- Ano 2006; 2 anos de envelhecimento em barrica, bem estruturado, lágrimas grossas, púrpura bem fechado. Agradou muito, € 14,50.
Vinho: Nosiola IGT, Vitigno: 100% Nosiola; Álcool: 12 %vol. Açúcar residual: ? g/l. Impressões: 5- Agradável seco e fresco, € 6,50.
Vinho: Vino Santo, Vitigno: Nosiola; Álcool: 12,5 %vol.; Açúcar residual: ? g/l. Impressões: 6- Bom, mas sem despertar entusiasmo. Acho que falta melhor equilibrio acidez-doce.


Cantina Francesco Moser
www.cantinemoser.com/
26/04/2010

Degustação no Hotel Alpenrose. Apresentado pelo Rudgero nosso Enoautista (EnoMotorista).

Vinho: SELEZIONE FRANCESCO MOSER, VITIGNI, Moscato Giallo; Álcool 12,5%; Açúcar 1,3 g/l; Serviço 12°C. Impressões: 1º- Indicado para aperitivo. Muito aromático. Bom contraste ácido-doce. Também passa uma sensação de doce.
Vinho: MÜLLER THURGAU; Álcool: 12,5%; Açúcar 1g/l; Acidez total g/l di H2T 6,5; Serviço 12°C. Impressões: 2º da degustação. É o chamado "vinho perfume" . A uva tem casca delicada. Aromas frutados fica com um retrogosto doce apesar do baixo resíduo de açúcar.
Vinho: RUBRO I.G.T. Vigneti delle Dolomiti; Álcool: 13%; Açúcar residual: 0,5 g/l; Acidez total g/l di H2T 5; Serviço: 16-18°C. Impressões: 3º- 70% Cabernet Franc e 30% Merlot; 12,5% álcool indicado para carne: porco frango, gado. Aroma agradável de chocolate. Bem equilibradDEAMATER VITIGNI, Lagrein; Álcool: 13%; Açúcar 0,5 g/l; Acidez total g/l di H2T 5; Serviço: 16-18°C. Impressões: 4º- Ano 2008; 12,5% álcool. Combinou bem com a carne com pimenta.


Campion Spumanti
27/04/2010

Degustação feita no hotel Tegorzo pelo Marco filho do dono, que impressionou as meninas com suas sobrancelhas delineadas. Vinícola pequena tem 14ha de vinhedos, Os vinhos não impressionaram muito.

Vinho: Prosecco 722; 11% álcool, 8g por litro açúcar. Impressões:1º- Pequenas bolhas, final amargo, € 3,85. Tomar em até um ano da colheita.
Vinho: Prosecco Spumante Brut; 11% álcool; 13g por litro açúcar. Impressões: 2º- Laranja, maçã verde, final também amargo, € 3,85.
Vinho: Prosecco Millesimato; 11,5% álcool; 20 g por litro açúcar; seleção entre os melhores do anos dos diversos lotes. Impressões: 3º- Amarelo palha. mais estrutura.
Vinho: Prosecco Valdobiadene DOCG Dry; 25 g por litro. Impressões: 4º- Claro meio enjoativo.

Serego Aliglieri
www.seregoaliglieri.it
27/04/2010

Vinícola charmosa em edifício histórico. Associada à Masi que é uma potência (10 milhões de garrafas por ano); a Serego é mais boutique (800 mil). Recebidos pela Marta muito sabida e bem simpática.Bons vinhos.

Vinho: Masi Brolo di Campofiorin; Valpolicella Ripasso; 14% álcool; 4 g por litro. Uva Corvina. Impressões: Ano 2006, 2 anos em carvalho; púrpura, redondo, macio, fácil de gostar, € 14,10.
Vinho: Valpollicella Dell'Anniversario, Valpolicella Classico; 14% álcool; 3-5 g por litro açúcar. Impressões: Ano 2006, 1,5 anos em carvalho e 4 meses em cereja. Mais complexo que o anterior. Aroma agradável. € 18,00.
Vinho: Masi Costasera, Amarone della Valpolicella; 15% álcool; 7-8 g por litro açúcar. Impressões: Ano 2006, 2 anos em carvalho Euro30,60


Carpené- Malvolti
http://www.carpene-malvolti.com
28/04/2010

Vinho: Rosé Carpenè; 85% Pinot Nero, 15% Raboso; Alcool: 12% vol. Acidez total: 7 g/l Açúcar residual: 9 - 12 g/l; Serviço: 8 – 10 °C. Impressões: 1º- Bem aromático, frutas vermelhas. Bela cor, perlagem fina e persistente, boa acidez, € 8,90.
Vinho: LINHA PROSECCO DOCG; Álcool: vol. 11%; Açúcar residual: 20 - 25 gr/ltr.; Serviço: 6-8° C. Impressões: 2º- explosão de bolhas, boa relação acidez -doce. Não enjoa apesar dos 22-23 g por litro de acúcar. É classificado como DRY. € 8,50.
Vinho: LINHA ARTE SPUMANTISTICA; Álcool: 12% vol; Serviço: 8-10 °C. Impressões: 3º- Inovação da empresa com a espumantificação desta varietal francesa da região dos Pirineus. Fomos dos primeiros a experimentar. 12% álcool; 6 g por litro açúcar. Frutado e herbáceo. goiaba, marmelo. É um espumante bem interessante.

Tomamos um Brandy de uva trebbiano, 15 anos, Riserva di Famiglia. 40% álcool, muito bom.

Cantina Tessari
28/04/2010

Cantina familiar (30 mil garrafas por ano), recepção muito simpática pela bonitona Cornelia. Almoço risoto de aspargos feito pela Mama Bianca. Recepção com espumante de Garganega 12% alcool, muito interessante.

Vinho: Grisela; Garganega 100%; Álcool: 12,5%; Acidez: 5,1 g/l; Açúcar residual: 2 g/l; Serviço: 10- 12°C. Impressões: 1 - Ano 2009, bem aromático, mas mais austero que os de prosecco. No gosto um toque metálico e um finalzinho um pouco amargo, € 6,00.
Vinho: Le Bine Longhe di Costalta; Garganega 100%; Álcool: 13,5%; Acidez: 5,4 g/l; Açúcar residual: 1,5 g/l; Serviço: 12- 13°C. Impressões: 2 - Ano 2009. 20 dias na videira para um apassitamento no pé. Mais complexo e enorpado que o anterior. Cor amarelo palha; € 8,00.
Vinho: Tre Colli; Garganega 100%; Alcool : 13,5 %; Acidez: 5,2 g/l; Açúcar residual: 90 g/l.; Serviço: 12- 14°C. Impressões: 3 - Ano 2006. Dourado, muito agradável. Bom equilíbrio ácido-doce. Excelente relação custo benefício, € 16,00.



Cantina Fasolomenin
www.fasolmenin.com
28/04/2010

Cantina familiar (100 mil g. por ano), tocada pelo Máximo e Silvana. Recepção muito amistosa. Visita ao vinhedo. O símbolo da vinícola é um camaleão. Diversas obras de arte na vinícola.

Vinho: Vinho Base Prosecco. Impressões: 1 - Vinho base antes da segunda fermentação. 0,1 g.por litro açúcar. 10% alcool. maçã verde e jasmim. boa acidez com amargo no final. Ma. Regina adorou.
Vinho: L’Extra dry; Açúcar residual: 15,5 g/l; Acidez total: 6g/l; Serviço: de 8 a 10°C. Impressões: 2- Ano 2009 engarrafado em 2010; 11% álcool; explosão de odores, sensação de doce. Na boca decepciona. € 6,00.
Vinho: Il Brut; Açúcar residual: 9 g/l; Acidez total: 6g/l; Serviço: de 7 a 9°C. Impressões: 3 - Ano 2008 engarrafado 2009. Bolhas pequenas. Confirmou que eu não gosto mesmo de Prosecco.


Medici Ermete
www.medici.it
29/04/2010 quinta feira

Vinicola de administração familiar, mas de porte grande. Tem um grande número de rótulos disponíveis. O diferencial é a produção do Aceto Balsâmico. Numa atividade artesanal produzem o Tradizionale em sistema de solera, com barricas de diversas madeiras, ficando o de selo Ouro até 30 anos para atingir os requisitos da Denominação.
Recepção muito hospitaleira, com a Mama preparando Gnocco frito, um tipo de pastelzinho. Servido também queijo Parmeggiano Reggiano, Prosciuto di Parma mortadela di Bologna.

Vinho: LINHA LE TENUTE, Lambrusco Salamino; Álcool: 11,5% vol.; Açúcar residual: 9 g/l. Acidez total: 7,5 g/l.; Serviço: 14 - 15 °C. Impressões: 2 - Cor violácea, com gosto de fruta passada. Não agradou.
Vinho: DAPHNE; Malvasia di Candia; Álcool: 11 % Vol.; Açúcar residual: 9 g/l. Acidez total: 6 g/l.; Serviço: 8 - 10 °C. Impressões: 1 - Claro, bastante ácido, fresco. Combinou com o Prosciuto di Parma. Agradou.
Vinho: NEBBIE D'AUTUNNO, Malvasia di Candia; Álcool: 4% vol.; Açúcar residual: 115 g/l.; Acidez total: 5,5 g/l.; Serviço: 6 - 8 °C. Impressões: 3 - Combinou com o doce.






CIACCI PICCOLOMINI D’ ARAGONA
www.ciaccipiccolomini.com
30/04/2010

Bela propriedade herdada pelo pai dos atuais proprietários,Lucia e Paolo que era um "faz tudo" da antiga Condessa proprietária. A propriedade é histórica e muito bonita. Foi construida para o Bispo Fabivs de Montalcino. Tem 40 ha e produz 200 mil garrafas por ano. Apresentada pela Martina parecida com a Claudia Raia.

Vinho: ROSSO DI MONTALCINO DOC, 100% Sangiovese Grosso; Serviço: 18°C; Impressões: 1 - Ano 2008, Consumir em até 5 anos,14,5% álcool, 0,2 g por litro de açúcar. Aroma inicial muito alcoólico. Depois compotas. Vinho bem brilhante. € 12,00.
Vinho: ATEO S. ANTIMO DOC, Cabernet Sauvignon e Merlot de segunda geração toscana; Serviço: 18°C. Impressões: 2 - Quebrou a "religião" do Sangiovese, na região, por isso o nome Ateo. Ano 2006, 14,5% álcool. Menos brilhante e menos límpido que o Rosso di Montalcino, € 8,00.
Vinho: BRUNELLO DI MONTALCINO, 100% Sangiovese Grosso; Serviio: 18°C. Impressões: 3 - Ano 2005 14,5% álcool. Precisa respirar. Bom corpo, escuro, retrogosto persistente e muito bom. € 23,50.
Vinho: FABIVS S.ANTIMO DOC; 100% Syrah; Serviço: 18°C. Impressões: 4 - Ano 2007, escuro, bom brilho. Aroma floral. 15% álcool.



CAPRILI
www.caprili.it
30/04/2010

Empresa familiar (70 mil garrafas por ano), bons vinhos. Fizemos a degustação e o almoço no patio da vinícola. O proprietário Paolo estará em agosto em Fpolis para o evento anual da Decanter. Servido crostatas muito saborosas de morango e figo.

Vinho: Rosso di Montalcino D.O.C.; 100% Sangiovese Grosso; Álcool 14.25 % Vol.; Zuccheri: 1,7 g/l. Acidità totale: 5.3 g/l.Impressões:1 - Servido na entrada com queijos e salames. Agradou.
Vinho: Brunello di Montalcino D.O.C.G.; 100% Sangiovese Grosso; Àlcool: 14.32 % Vol.; Açúcar residual: 1,4 g/l.; Acidez total: 5.3 g/l. Impressões: 2 - Ano 2003; 14,5% álcool cor de granado para marron. Aromas muito agradáveis. Apesar da cor, o vinho estava muito bom, sem nenhuma característica de passado.
Vinho: Moscadello di Montalcino D.O.C.; 100 % Moscadello di Montalcino; Álcool: 8.97 % Vol.; Açúcar residual: 84.4 g/l. Acidez total: 5.0 g/l. Impressões: 3 - Ano 2009 É levemente frizzante com uma cor rosa suave. De baixo teor alcoólico e com boa acidez, combinou muito bem com as crostatas servidas.
Vinho: Vinho Base Prosecco. Impressões: 1 - Vinho base antes da segunda fermentação; 0,1 g.por litro açúcar; 10% álcool. Maçã verde e jasmim. Boa acidez com amargo no final.


CASTELLO BANFI
www.castellobanfi.com
30/04/2010

Vinícola de grande porte ( 10 milhões de garrafas por ano). Propriedade histórica muito bonita. Tem um museu do vidro muito interessante. O atendimento foi frio, impessoal e um pouco apressado, mas os produtos agradaram. Os vinhos das linhas top são bem caros. A empresa investe muito em pesquisa. Não demos conta dos queijos, prosciutos, salames, specks etc servidos.

Vinho: Rosso di Montalcino DOC, Sangiovese 100%; Álcool: de 13 a 13.5% vol. Impressões: 1 - Ano 2008, 13,5% álcool , cor rubi escuro, brilho médio, tem o gosto menos agradável do que promete o aroma. Euro 10.
Vinho: Castello Banfi - Brunello di Montalcino DOCG, Sangiovese 100%; Álcool: de 13 a 13.5% vol. Impressões: 2 - Ano 2005 que foi uma safra ótima mas não excepcional. Macio, pronto para beber, apresentou bolhinhas de fermentação residual que não foram bem explicadas pelo apresentador e que não deveriam aparecer num vinho que se pretende de categoria.
Vinho: Poggio alle Mura, Sangiovese 100%; Álcool: de 13 a 13.5% vol. Impressões: 3 - Ano 2004 São uvas de um só vinhedo resultante de 20 anos de pesquisa e seleção de clones. Recebeu 96 pontos na WS. € 42, Vale a badalação.
Vinho: Belnero -Toscana IGT, Sangiovese (85%); Álcool: de 13 a 14% vol. Impressões: 4 - É um corte com Merlot e Cabernet. Vinho bem interessante com bom custo benefício. Perdeu na comparação por ter sido apresentado depois, € 14,00.

CESANI
www.agriturismo-sangimignano.com
01/05/2010

Empresa familiar, 25 ha, 130 mil garrafas por ano. Recebidos pela Maria Luisa, filha do dono que estárá em Fpolis em agosto no evento da Decanter. Tem também produção de açafrão.

Vinho: Vernaccia di San Gimignano D.O.C.G, Vernaccia di San Gimignano. Impressões: 1 - Ano 2009, pouco aromático, boa estrutura, retrogosto persistente, bem fresco 13,5% álcool , finalzinho amargo . Já havíamos provado no grupo e gostado. Confirma. Euro 5. Deve ser consumido dentro de 2 anos
Vinho: "Sanice": vernaccia di San Gimignano D.O.C.G, Vernaccia di San Gimignano. Impressões: 2 - Ano 2007 álcool 13%; parte da fermentação malolática em feita em barricas de carvalho. Muito bom . Mesmo sem ser doce lembra um vinho de sobremesa, € 9.
Vinho: "Sera Rosa": rossato toscano I.G.T, 100% Sangiovese. Impressões: Ano 2009, Alcool 14% lançamento, fomos dos primeiros a provar. Ainda não está no catálogo. Perfume floral, acentuada mineralidade. Apesar de alta graduação álcollica é um vinho fresco, € 8.
Vinho: Chianti dei colli senesi D.O.C.G, Sangiovese 85%, Malvasia del Chianti, Canaiolo. Impressões: 4 - Ano 2008 é um Chianti básico de corpo médio, bem agradável.
Vinho: "Luenzo": rosso toscano I.G.T, 85% Sangiovese e 15% outros vinhos. Impressões: 5 - Ano 2006, 14% álcool. A uva Colorito dá a bonita cor escura do vinho. Bem mais complexo que os anteriores, para mim a madeira se sobressai demasiadamente, € 16,00. Para 10 anos de guarda.


ROCCA DELLE MACIE
www.roccadellemacie.com
02/05/2010

Recebidos pela Valentina, amiga da Ju, que ganhou um par de havaianas, muito simpática. Propriedade de média para grande, 4,5 milhoes de garrafas ao ano, 600 ha. A primeira fermentação é feita em tanques de inox que estão ao tempo. A fermentação malolática, é feita em tanques de concreto no interior da cantina para maior estabilidade da temperatura.

Vinho: VINI BIANCHI; Serviço: de 8°-10°C; Álcool: 12% vol. Impressões: 1 - Ano 2008; 13% álcool; frutado, maçã, pera. Fresco, bem agradável, boa persistência; retrogosto frutado-doce, € 4,00.
Vinho: Sasyr Igt Toscana, Sangiovese 60% Syrah 40%; Serviço: 16°-18°C; Álcool: 13,5% vol. Impressões: 2 - Ano 2007 fica poucos meses em toneis de carvalho. Aromas agradáveis frutados. Na boca agradável, € 9,00.
Vinho: Chianti Classico Docg, 90% Sangiovese, 5% Merlot, 5% Canaiolo; Serviço: 18°C; Álcool: 12,5% vol. Impressões: 3 - Ano 2007. 13,5% álcool; Brilhante, translúcido de cor púrpura. No nariz muito álcool no ínicio. Pela acidez e tanino deve ficar muito bom com comida, € 8,00.
Vinho: I NOSTRI FUORICLASSE, 100% Sangiovese; Serviço: 18°-20°C; Álcool: 13,5% vol. Impressões: 4 - Oferecido pela Didi em comemoração ao aniversário do Leal. 14% álcool. Escuro, boa estrutura. Aroma defumado. Agradou bem, € 11,00.
Vinho: VINII ROSSI, Sangiovese 90%, Cabernet 5%, Merlot 5%; Serviço: 18°-20°C; Álcool: 13,5% vol. Impressões: 5 - Ano 2006, envelhece dois anos em carvalho francês e tem um potencial de guarda de até 14 anos. Cor púrpura, foi considerado por todos muito bom, até mesmo excepcional.
Vinho: Vin Santo del Chianti, Trebbiano Toscano e Malvasia; Álcool: 15,5% vol. Impressões: 6 - Ano 2000, bom.


CANTINA DEL REDI
www.cantinadelredi.com
02/05/2010

Cantina dentro da cidade de Montepulciano, no Palazzo Ricci, construção renascentista feita sobre castelo medieval que por sua vez também foi construída sobre construções etruscas. Pode-se ver todas as fases na cantina. Muito interessante.

Vinho: Rosso di Montepulciano DOC, 3 meses em toneis de carvalho da Slovênia, e 6 meses em garrafa.
Impressões: 1 - Ano 2008 13,5% álcool. Rubi brilhante com reflexos violáceos. Para ser bebido dentro de 3 anos.
Vinho: Vino Nobile di Montepulciano DOCG, 24 meses em toneis grandes de carvalho da Slovenia com pequena parte afinada em barricas de carvalho francês. Impressões: 2 - Ano 2005 13,5% álcool. Cor Rubi violácea, aromas de cerejas e frutas vermelhas, tostado. Bom corpo com final longo. Taninos presentes mas incorporados.
Vinho: Vino Nobile di Montepulciano Briareo Riserva, 12 meses em barricas de carvalho francês seguida de 12 meses em toneis de carvalho francês e 6 meses de afinamento em garrafa. Impressões:3 - Ano 2004; 13,5% álcool.Rubi granado, aromas de baunilha e especiarias. Muito bom. Comprei uma garrafa. Produzem só 5 mil garrafas por ano e só em safras excepcionais. Para guarda.

CANTINA OLIENA
www.cantinasocialeoliena.it
03/05/2010

Cantina simpática, mas os produtos não impressionaram.

Vinho: Lanaitto Rosso Isola dei Nuraghi; Álcool: 13 % vol.;Serviço: de 16° - 18°C. Impressões: 1 - Ano 2008, € 4,60.
Vinho: Nepente di Oliena; Álcool: 14,5 % vol.; Serviço: 18°C. Impressões: 2 - Ano 2008, € 6,80.
Vinho: Nepente di Oliena Riserva; Álcool: 14,5 % vol.; Serviço: 20°C. Impressões: 3 - Ano 2005, € 14,00.

CANTINA CONTINI
www.vinicontini.it
04/05/2010

Muito bem recebidos pela Sra. Giovana. Cantina particular. Destaque para os Vernaccia di Oristano.

Vinho: VINI ROSSI E ROSATI, Nieddera 90%, outras uvas rosé da região 10%; Serviço: 8-10°C. Álcool: 12,50% vol.; Açúcar residual: 3,20 g/l; Acidez total: 5,20 g/l. Impressões: 1 - Ano 2009 Bela cor rosada escuro, fresco, aromático com retrogosto longo e agradável, € 3,90.
Vinho: Nieddera Rosso, Nieddera 90%, outras uvas rosé da região 10%; Serviço: 16-18° C; Álcool: 13,7% vol.; Açúcar residual: g/l 1,80. Acidez total: 5,20 g/l. Impressões: 2 - Ano 2007, Rubi, taninos presentes , mas macio e redondo, € 3,90.
Vinho: VINI BIANCHI, Vernaccia, Vermentino 20%, outras uvas tradicionais; Serviço: 8-10°C; Álcool: 13,5% vol.; Açúcar 2,80 g/l; Acidez total: 4,90 g/l. Impressões: 3 - Amarelo palha com reflexos verdes. Bem aromático. Seco boa estrutura, € 6,30.
Vinho: Vernaccia di Oristano DOC Riserva, Vernaccia 100%; Serviço: 16°; Álcool; 15,5% vol.; Açúcar residual: 2,0 g/l; Acidez total: 5,70 g/l. Impressões: 4 - Ano 1998 Vinho elaborado em solera, com a "flor" como no jerez. Cor dourada. Observação ao tomar: nossa!!! que coisa boa!!! € 12,40.
Vinho: Antico Gregori, Vernaccia 100%; Serviço: de 16° - 18°C; Álcool: 18,37% vol.; Açúcar residual: 8,0 g/l; Acidez total: 8,40 g/l. Impressões: 5 - Como no anterior só que fica em média 30 anos na solera. Cor âmbar. Aroma de frutas secas, permanência muito longa. Observação ao tomar: nossa²!!!!! € 25,00. Não tem adição de álcool, a graduação é toda natural.


CANTINA SOCIAL DELLA VERNACCIA DI ORISTANO
http://www.vinovernaccia.com/
04/05/2010

Cooperativa de porte médio, Fomos comer doces sardos com Vernáccia di Oristano.

Vinho: Judikes Vernaccia di Oristano, Dall’omonima uva (videiras cultivadas no vale o rio Tirso); Álcool: 16% vol. Impressões: 1 - Ano 2004, âmbar, sente-se bem o álcool é menos parecido com o jerez, € 7,00.
Vinho: Juighissa Vernaccia di Oristano, Vernaccia; Álcool: 15% vol. Impressões: 2 - Reserva 20 anos acompanhou bem os doces sardos de amêndoas servidos, € 14,50.

SELLA & MOSCA
http://www.sellaemosca.com
05/05/2010 quinta feira

Furaram o agendamento. Não visitamos.


SANTA MARIA LA PALMA
http://www.santamarialapalma.it/
05/05/2010

Cooperativa grande com muitos rótulos. Boa recepção.

Vinho: I Papiri; Serviço: 8 - 10° C; Álcool: 13 % vol. Impressões: 1 - Ano 2009 13,% álcool aroma pêssego, maçã. Muito bom. Gosto de amêndoas amargas.
Vinho: LINHA GRANDI CLASSICI, Monica di Sardegna; Serviço: 18 - 20° C; Álcool: 13 % vol. Impressões: 2 - Cor clarete, aroma agradável, gosto meio inexpressivo, leve, € 3,50.
Vinho: LINHA GRAN CRU, Cagnulari; Serviço: 18 - 20° C; Álcool: 13 % vol. Impressões: 3 - Rubi fechado, brilhante, aroma agradável, balsâmico, eucalipto. Euro 13. Um ano de guarda.
Vinho: Cannonau Riserva; Serviço: 18 - 20° C; Álcool: 13,5 % vol. Impressões: 4 - Ano 2004 ao menos 18 mese em barricas, filtrado, taninos presentes, retrogosto com boa persistência, € 8,50.
Vinho: PASSITO, Soffio di Sole; Serviço: 10 - 12 °C; Álcool: 15,5% vol. Impressões: 5 - Ano 2007 Um ano na madeira Bom com queijo pecorino sardo. Falta acidez.

Veja também:
Viagem para a Itália (parte 1)
Viagem para a Itália (Parte 3 - Trento)
Viagem para a Itália (Parte 4 - Veneto)
Viagem para a Itália (Parte 5 - Toscana)
Viagem para a Itália (Parte 6 - Sardenha)